Recursos online

Tradução de Teófilo Oliver ao português do cap. 4 Arte e Copyleft do Guia Do Copyleft elaborado na Espanha por Natxo Rodriguez e editado em setembro de 2006 pela editora Traficantes de Sueños.

ISBN10: 84-96453-14-6
ISBN13:978-84-96453-14-6
Depósito legal: M-36423-2006

Recursos online

Na internet são bastantes os recursos disponíveis para o arquivamento, busca ou utilização de conteúdos artísticos copyleft. A maioria utilizava as licenças. Alguns com verdadeira vocação de construir um domínio público real, como Internet Archive e outros como Flickr, Openphoto ou Buzznet consideram o Copyleft como uma opção entra outras para o arquivamento e distribuição de imagens.

· Flickr. O usuário/autor escolhe uma das seis licenças tipo de Creative Commons quando hospeda fotografias no Flickr. Oferece, por padrão, a licença attribution-sharealike. Também se pode fazer buscas e explorar todos os conteúdos do Flickr a partir do tipo de licença que o autor/a tenha escolhido [http://www.flickr.com/creativecommons].
· Buzznet. Tem um sistema de licenciamento de conteúdos mas fica um tanto oculto e não tão explícito como no Flickr.
· Openphoto.net. Depois de registrar-se, primeiramente você deve escolher uma licença. Todas são CC e vão desde “NãoComercial-NãoDerivada-CompartilharIgual” até o domínio público.

Poderíamos citar mais exemplos como o Open Clip Art Library ou o buscador de imagens fotográficas CC everystockphoto.com., etc.

Ferramentas Copyleft

O próprio projeto CC oferece ferramentas para a catalogacão e busca na rede de materiais licenciados sob suas licenças. CC-Lookup é uma ferramenta para comprovar informação sobre licenças integrada em arquivos de áudio e vídeo e CC-Plubisher é uma ferramenta com duas funções. Por um lado, serve para etiquetar arquivos de áudio e vídeo, por outro, permite upa-los ao Internet Archive onde podem ser hospedados gratuitamente.

Outra gama de ferramentas seriam aquelas orientadas a incluir metadados em imagens digitais como RDFPic ou Foto RDF-Gen. Também os principais programas de manipulação de imagens permitem indicar este tipo de informação, apesar de muitos deles não surgirem precisamente com a intenção copyleft. Photoshop, Photostudio o Paintshop.

Redes p2p

Por último, não devemos nos esquecer dos sistemas de intercambio de arquivos “igual a igual” que poderiam converter-se em uma alternativa real aos sistemas de distribuição controlados pelas grandes corporações. Alguns deles já consideram a opção de buscar conteúdos CC, como o Morpheus ou Lime Wire.

 

>> Capítulo 5: Licenças livres e criação audiovisual: Maria Concepción Cagide e Nerea Fillat Oiz

<< Exemplos de produção copyleft

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s